Agropecuária do Pará gerou mais postos de trabalho em junho de 2017. No mesmo período do ano passado, o resultado foi negativo. (Foto: REUTERS/Paulo Whitaker)

O emprego formal no campo no Estado do Pará e em vários Estados da Região Norte voltou a apresentar saldo positivo em junho de 2017: foram 2.314 contratações e 1.938 demissões, gerando um saldo de 376 vagas. O saldo pode parecer pequeno mas, segundo os economistas do Dieese, o resultado é animador se comparado ao mesmo período de 2016, quando houve queda de 3,08% no emprego no campo.

Segundo a pesquisa do Dieese, o balanço mostra que em junho de 2017 houve crescimento de 0,72% na geração de empregos formais na agropecuária do estado, enquanto em junho de 2016, entretanto, a situação foi inversa: Foram feitas 1.995 admissões contra 2.165 desligamentos, gerando um saldo negativo de 170 postos de trabalhos.

As análises do Dieese-Pa mostram ainda que no mês passado o Pará lidera as contratações e criação de novas vagas de empregos no setor dentre os estados da região norte, seguido do Acre, que gerou 109 postos, e de Rondônia, que gerou 98 postos. O destaque negativo no setor ficou por conta de Tocantins, que perdeu 129 postos de trabalho.

Ainda de acordo com a pesquisa, em junho deste ano foram feitas no setor da Agropecuária em toda a Região Norte, 4.122 admissões contra 3.689 desligamentos, gerando um saldo positivo de 433 postos de trabalhos com crescimento de 0,45% no emprego formal.

Want create site? With Free visual composer you can do it easy.
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA