A Divisão Estadual de Narcóticos da Polícia Civil apreendeu cerca de 120 quilos de drogas durante operação policial no município de Abaetetuba, no nordeste do Pará (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Want create site? With Free visual composer you can do it easy.

A Polícia Civil deflagrou operação policial, neste sábado, 12, em Abaetetuba, nordeste paraense, para desarticular um esquema de tráfico de drogas no município. Ao todo, 145 quilos de drogas foram apreendidas durante a ação policial realizada por policiais civis da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc). Oito pessoas foram presas. Os presos e as apreensões foram conduzidos para a sede da Divisão, em Belém, para lavratura das prisões em flagrante por tráfico de drogas. Do total de entorpecentes, foram apreendidos 131 quilos de cocaína e 14 quilos de maconha dos tipos skank e limãozinho.

Segundo o diretor da Denarc, delegado Hennison Jacob, as prisões e apreensões de drogas resultaram da continuidade da operação “Ilha Grande II”, coordenada pelo delegado Gabriel Henrique Costa, da Denarc. Desde julho deste ano, a operação vem desarticulando um esquema de tráfico interestadual de drogas, que tem como origem a cidade de Tabatinga, no Amazonas, com destino ao Pará.

Publicidade

Somente em julho, mais de 400 quilos de cocaína, do tipo pedra de óxi, foram apreendidos, configurando a maior apreensão de drogas do tipo na última década no Estado. O total de drogas apreendidas, na ocasião, era correspondeu a R$ 7 milhões. Em Abaetetuba, no sábado, a apreensão das drogas foi realizada em uma casa de madeira na localidade da Ilha de Urubueua, que fica a uma hora da sede do município. Manoel Gonçalves da Silva, 73 anos, que era o responsável pela casa, foi preso em flagrante. O local era usado como ponto de armazenamento da droga que chegava de fora do Estado.

Detalhe na embalagem das drogas apreendidas (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A casa foi localizada durante trabalho de monitoramento realizado pelos policiais civis realizado durante 15 dias. A abordagem policial ocorreu no momento em que foi realizado o encontro entre as pessoas encarregadas por guardar e distribuir os entorpecentes. As investigações continuam para prender outras pessoas envolvidas no crime.

ESQUEMA

Em 12 de julho deste ano, foram apreendidos 270 quilos de pedras de óxi de cocaína, na ilha da Olaria, em Ponta de Pedras, no Marajó, durante a operação Ilha Grande II. No dia seguinte, mais 135 quilos da droga foram apreendidos no mesmo local.

Ao todo, seis pessoas foram presas, na ocasião, por envolvimento no esquema. Além da droga apreendida, a operação resultou na apreensão de um fuzil AR 556 com 31 munições e uma lancha que era usada no transporte do entorpecente. As drogas apreendidas já foram incineradas mediante autorização judicial.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA