145 detentos fugiram do Centro de Recuperação Penitenciário de Abaetetuba, no nordeste do Pará, na noite de quarta-feira (13). (Foto: Agência Pará)

Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) confirmou nesta quinta-feira (14) o número de detentos que fugiram do Centro de Recuperação Penitenciário de Abaetetuba (CRRAB), no nordeste do Pará, na noite de quarta-feira (13). Ao total, 145 presos fugiram do presídio.

De acordo com a Diretoria de Administração Penitenciária da Susipe, 155 detentos tentaram fugir, mas nove foram recapturados e um foi morto em confronto com os policiais. Antes da fuga em massa, o CRRAB tem capacidade para 120 detentos, mas custodiava 345.

Segundo a Susipe, os detentos renderam três agentes prisionais que estavam na ronda de plantão, após simularem um pedido de socorro a um preso, que supostamente estaria passando mal.

No momento em que destrancaram a cela, os servidores foram rendidos por presos já armados e foram utilizados como reféns para garantir a fuga. No momento da ação, três policiais militares faziam a segurança da unidade prisional, mas não puderam intervir para garantir a integridade física dos servidores. Os presos danificaram equipamentos e estrutura física da unidade prisional, fugindo pela área de mata do bloco semiaberto.

Uma equipe do Grupamento Tático Operacional da PM foi acionada para reforçar a segurança no local. Uma revista estrutural foi realizada na manhã desta quinta-feira (14) na unidade prisional, após o término da recontagem de presos.

A Corregedoria Penitenciária da Susipe abrirá sindicância administrativa para apurar a fuga. Um inquérito policial também será aberto para investigar o caso.

Assassino de criança em Tailândia é um dos fugitivos

Segundo informações, um dos fugitivos é Roney Pantoja Maciel, de 25 anos, acusado de matar uma criança em janeiro deste ano, no bairro Aeroporto, aqui em Tailândia.

Want create site? With Free visual composer you can do it easy.
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA