22/05/2013 - Atualizado em 22/05/2013

Ibama apreende 372 toneladas de soja ilegal em fazenda

Instituto diz que propriedade já tem histórico de multas.
Material apreendido foi doado a projetos de combate a fome.

soja3-pa-ibama

Área embargada no Pará durante a operação de combate ao cultivo em áreas irregulares (Foto: Divulgação/Ibama)

Duas fazendas que cultivavam plantações em áreas ilegais foram embargadas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) nesta terça-feira (21). As propriedades ficam nos municípios de Dom Eliseu e Ulianópolis, sudeste do Pará. Também foram apreendidas 372 toneladas de soja, que foram doadas para projetos de combate à fome.

A apreensão realizada nesta terça faz parte da operação “Bom Conselho”, que começou no último dia 14, e tem como objetivo “impedir que o crescimento da área agrícola no sudeste paraense implique também em mais aumento nos desmatamentos não autorizados”, explica o superintendente do Ibama no Pará, Hugo Américo. Em 2012, no Pará, foram aplicados R$ 43,9 milhões em multas e 5,7 mil hectares de desmatamentos ilegais foram embargados pelo Ibama.

soja2-pa

Fazendas onde Ibama realizou apreensões já tinham histórico de multas por desmatamentos ilegais (Foto: Divulgação/Ibama)

De acordo com o Instituto, a fazenda que produziu a soja tem um histórico de R$ 5,3 milhões em multas. Quando os agentes chegaram o local, a colheita nas áreas embargadas já havia sido concluída, e as 372 toneladas de soja foram armazenadas em um silo comercial fora da propriedade, para mascarar a origem dos grãos. O produto também estaria com notas fiscais fraudadas, já que, segundo o Ibama, o fazendeiro expediu as notas como se a soja tivesse sido cultivada em outra propriedade.

A segunda fazenda ocupada pelo Ibama nesta terça (21) tinha 16 mil hectares de arroz, milho e soja. Equipes do Ibama realizam o levantamento da quantidade de grãos que será apreendida nas lavouras, mas a estimativa é que alcance 6 mil toneladas.

O Ibama informou, ainda, que os municípios de Dom Eliseu e Ulianópolis vinham apresentando aumento nas áreas desmatadas desde a segunda metade de 2012, conforme verificado pelo sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter). Por isso a intensificação de operações do Ibama na região.

soja-pa

Áreas onde soja estava sendo plantada já foram embargadas anteriormente pelo Ibama, e não poderiam ser cultivadas (Foto: Divulgação/Ibama)

[divide style="2"]

Para acompanhar mais notícias de Tailândia e Região, curta o Portal Tailândia no Facebook: facebook.com/portaltailandia.com.brSiga também o Portal Tailândia no Twitter e por RSS.

g1 pa

Seja o primeiro a comentar.

Comente

Your email address will not be published.